Cinema

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings 

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis é um futuro filme estadunidense de super-herói baseado no personagem Shang-Chi da Marvel Comics. Produzido pelo Marvel Studios e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures, será o vigésimo quinto filme do Universo Cinematográfico Marvel. O filme é dirigido por Destin Daniel Cretton a partir de um roteiro de David Callaham e estrelado por Simu Liu como Shang-Chi, ao lado de Awkwafina, Tony Leung, Fala Chen, Meng'er Zhang, Florian Munteanu, Ronny Chieng e Michelle Yeoh. No filme, Shang-Chi é forçado a confrontar seu passado após ser atraído para a organização Dez Anéis.

Um filme baseado em Shang-Chi está em desenvolvimento desde 2001, mas o projeto não iria avançar até 2018 com a contratação do roteirista David Callaham. O diretor Destin Daniel Cretton se juntou a produção em março de 2019, com o projeto acelerado para ser o primeiro filme da Marvel com um protagonista asiático. O título do filme e o elenco principal foram anunciados em julho, revelando a conexão do filme com o Mandarim (Leung) e sua organização Dez Anéis, que aparecem em todo o Universo Cinematográfico Marvel. As filmagens começaram em fevereiro de 2020, mas foram suspensas em março devido à pandemia COVID-19. A produção foi retomada em agosto antes de terminar em outubro. As filmagens ocorreram na Austrália e em São Francisco.

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings está programado para ser lançado nos Estados Unidos em 03 de setembro de 2021, como parte da Fase Quatro do UCM.

 

Enredo

Quando Shang-Chi é atraído para a organização clandestina Dez Anéis, ele é forçado a confrontar o passado que pensava ter deixado para trás.

Elenco

  • Simu Liu como Shang-Chi:
    Um habilidoso artista marcial treinado pela organização Dez Anéis desde a infância.
  • Tony Leung como Wenwu / Mandarim:
    Pai de Shang-Chi[9] e líder da organização terrorista Dez Anéis. O Mandarim substitui o pai de Shang-Chi nos quadrinho, Fu Manchu, um "personagem problemático" associado a estereótipos racistas aos quais a Marvel Studios não detém os direitos cinematográficos. O diretor Destin Daniel Cretton afirmou que queria mudar os aspectos problemáticos do Mandarim, dizendo: "Acho que [Leung] traz uma humanidade que precisamos para esse personagem. Não queremos mais contribuir para os estereótipos asiáticos que vimos, tanto no cinema quanto na cultura pop... [Leung] é um ator tão incrível e estou animado por ele nos ajudar a quebrar alguns desses estereótipos".
  • Awkwafina como Katy:
    Amiga de Shang-Chi. Awkwafina descreveu sua personagem como identificável, dizendo "ela é lançada em um mundo onde ela realmente não sabe o que fazer. Ao mesmo tempo, ela está descobrindo coisas sobre si mesma."
  • Ronny Chieng como Jon Jon.
  • Michelle Yeoh como Jiang Nan.
  • Meng'er Zhang como Xialing:
    Irmã afastada de Shang-Chi e filha de Wenwu
  • Fala Chen como Jiang Li.
  • Florian Munteanu como William Young / Punho de Navalha

Além disso, Dallas Liu interpreta um papel não revelado.

Produção

Desenvolvimento

O ator Simu Liu falando sobre o filme na San Diego Comic-Con International 2019.

De acordo com Margaret Loesch, ex-presidente e CEO da Marvel Productions, Stan Lee discutiu um potencial filme de Shang-Chi ou uma série de televisão com o ator Brandon Lee e sua mãe, Linda Lee, nos anos 80, com a intenção de ter Brandon como personagem-título. O pai de Brandon, a lenda das artes marciais, Bruce Lee, foi a inspiração visual do artista, Paul Gulacy, ao desenhar Shang-Chi em seus anos de posse na série de quadrinhos Master of Kung Fu, na década de 1970. Em 2001, Stephen Norrington, anunciou que tinha intenção de dirigir um filme do personagem, intitulado The Hands of Shang-Chi. Em 2003, o filme estava em desenvolvimento pela DreamWorks Pictures, com Yuen Woo-Ping substituindo Norrington como diretor e Bruce C. McKenna contratado para escrever o roteiro. Ang Lee ingressou no projeto como produtor em 2004, mas o projeto acabou não indo para frente e, após isso, os direitos do personagem voltaram para a Marvel. Em setembro de 2005, o presidente e CEO da Marvel, Avi Arad, anunciou Shang-Chi como uma das dez propriedades que estavam sendo desenvolvidas como filme pelo recém-formado estúdio, Marvel Studios, depois que a recém-adquirida empresa recebeu financiamento para produzir a lista de dez filmes que seriam lançados e distribuídos pela Paramount Pictures.

De acordo com Chris Fenton, ex-presidente da produtora de filmes chinesa DMG Entertainment, que estava em negociações com a Marvel Studios para co-produzir seus filmes, a Marvel se ofereceu para criar um teaser com Shang-Chi ou Mandarin para o mercado chinês que seria apresentado no final de The Avengers (2012). A DMG recusou a oferta, já que o retrato estereotipado negativo do Mandarim nos quadrinhos poderia potencialmente impedir o lançamento do filme na China e o risco de fechar a DMG como empresa. Ben Kingsley acabaria interpretando Trevor Slattery, um impostor posando como o Mandarim, em Homem de Ferro 3 (2013), que DMG co-produziu.

Em dezembro de 2018, a Marvel acelerou o desenvolvimento de um filme de Shang-Chi com a intenção de torná-lo seu primeiro filme com liderança asiática. A Marvel contratou o escritor chinês-americano, David Callaham, para escrever o roteiro e começou a ficar de olho em cineastas asiáticos e asiático-americanos para potencialmente dirigir o filme. O objetivo do estúdio era explorar "temas asiáticos e asiático-americanos, criados por cineastas asiáticos e asiático-americanos", igual haviam feito com a cultura africana e afro-americana com Pantera Negra no início de 2018. O desenvolvimento do filme também veio após o sucesso do filme Podres de Ricos, também lançado no início de 2018, o que levou a várias outras propriedades asiáticas a serem desenvolvidas pelos estúdios de Hollywood. O roteiro de Callaham deveria modernizar elementos da história em quadrinhos do personagem, que foi escrita pela primeira vez na década de 1970, para evitar o que o público moderno considerasse como estereótipos negativos. Richard Newby, do The Hollywood Reporter, disse que o filme poderia "estourar de maneira semelhante à Pantera Negra", trazendo uma nova perspectiva ao personagem. Newby achava que Shang-Chi poderia ter funcionado bem como uma série de televisão da Marvel, e disse que isso "fala muito" sobre os planos da Marvel de fazer um longa-metragem sobre o personagem. Newby concluiu que o filme é uma oportunidade para evitar estereótipos sobre artistas marciais asiáticos e ser "mais que um Bruce Lee da Marvel".

A Marvel contratou o cineasta nipo-americano Destin Daniel Cretton para dirigir o filme em março de 2019. Deborah Chow—que dirigiu episódios das séries de televisão do Punho de Ferro e da Jessica Jones—Justin Tipping, e Alan Yang também foram considerados. Em abril, a Marvel Studios e o ministro das Artes da Austrália, Mitch Fifield, anunciaram que um próximo filme da Marvel, que se acredita ser Shang-Chi, seria filmado no Fox Studios Australia em Sydney e em todo o estado de Nova Gales do Sul. A produção recebeu US $ 24 milhões (US $ 18 milhões) em financiamento único do governo australiano, bem como apoio do fundo estadual de US $ 10 milhões (US $ 8 milhões) "Made in NSW". Esperava-se que a produção gerasse AU $ 150 milhões (US $ 115 milhões) para a economia australiana, além de 4700 novos empregos, além de aproveitar cerca de 1200 empresas locais. Don Harwin, Ministro das Artes de Nova Gales do Sul, confirmou em julho que o filme seria Shang-Chi e revelou que seria produzido consecutivamente com Thor: Amor e Trovão (2022); a produção de Shang-Chi estava programada para ser concluída antes do início do trabalho de Amor e Trovão no final de 2020.

Pré-produção

Em meados de julho, a Marvel começou a testar atores na casa dos 20 anos para o papel principal. O estúdio foi inflexível quanto aos atores de ascendência chinesa para fazer o teste para o personagem. Este grupo incluiu Lewis Tan e Simu Liu, que fez o teste em 14 de julho e foi oficialmente escalado em 16 de julho. Foi anunciado pelo produtor Kevin Feige e o diretor Cretton no painel da Marvel Studios na San Diego Comic-Con International 2019, em 20 de julho, onde o título completo do filme foi anunciado como Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings. Feige relembrou que a organização dos Dez Anéis apareceu em todo o UCM desde a sua introdução no primeiro filme da franquia, Homem de Ferro (2008), e disse que seu líder, o Mandarim, seria apresentado neste filme com Tony Leung no papel; Ben Kingsley anteriormente retratou um impostor se intitulando como Mandarim em Homem de Ferro 3 (2013). Feige também anunciou que Awkwafina apareceria no filme. em 21 de janeiro de 2020, Michelle Yeoh entrou em negociações para um papel no filme, considerado diferente de Aleta Ogord, que Yeoh retratou em Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017).

Filmagens

A fotografia principal começou em fevereiro de 2020, filmando no Fox Studios Australia em Sydney e em todo o estado de Nova Gales do Sul, sob o título provisório de "Steamboat". Bill Pope serve como diretor de fotografia do filme. Cretton escolheu Pope, porque achava que seu estilo poderia ser tanto naturalista quanto elevado, e por causa do trabalho de Pope em Matrix (1999), que Cretton acreditava ter o tom certo para um filme do UCM focado em personagens asiáticos e asiático-americanos.

Em 12 de março, depois que os estúdios começaram a interromper a produção de filmes devido à pandemia de coronavírus de 2019-2020, Cretton decidiu fazer o teste de coronavírus depois de trabalhar junto de pessoas que foram potencialmente expostas ao vírus. Essa foi uma precaução devido ao fato de Cretton ter um bebê recém-nascido, e ele se auto-isolou enquanto esperava esses resultados; o teste depois deu negativo. Com o auto-isolamento de Cretton, a Marvel suspendeu temporariamente a produção da primeira unidade do filme, mas pretendia que a segunda unidade e outros aspectos da produção continuassem normalmente. Em 13 de março, o restante da produção do filme foi parada quando a Disney interrompeu as filmagens da maioria de seus projetos. Antes da parada, Ronny Chieng se juntou ao elenco em um papel não revelado. No início de abril, a Disney transferiu grande parte de sua lista de filmes da Fase Quatro, devido à pandemia de coronavírus, movendo a data de lançamento de Shang-Chi para 7 de maio de 2021.

As obras de montagem dos sets do filme foram retomadas no final de julho de 2020 e, em 2 de agosto, todo o elenco e equipe de filmagem chegou para começar a filmar "nos próximos dias". Todos os membros do elenco e da equipe que retornaram ao país para retomar as filmagens ficaram em quarentena por duas semanas após a chegada, de acordo com as diretrizes da Austrália. Mais tarde, em agosto, Michelle Yeoh foi confirmada para aparecer no filme. No mês seguinte, a data de lançamento do filme foi adiada para 09 de julho de 2021, depois que Viúva Negra foi alterado para maio de 2021.[43] Em outubro, as filmagens foram transferidas para São Francisco, sob o título provisório de "Steamboat". Os locais de filmagem incluíram os bairros Russian Hill, Noe Valley e Nob Hill, bem como Fisherman's Wharf. As filmagens terminaram em 24 de outubro de 2020. As filmagens também ocorreram em Los Angeles.

Pós-produção

A edição do filme ficará por conta de Nat Sanders e Elísabet Ronaldsdóttir, ao lado de Harry Yoon. Em dezembro de 2020, a Marvel revelou que Awkwafina interpreta Katy, amiga de Shang-Chi, e que Yeoh foi escalada como Jian Nan e Chieng como Jon Jon. Além disso, eles anunciaram Fala Chen como Jiang Li, Meng’er Zhang como Xialing e Florian Munteanu como Punho de Navalha; Munteanu foi escalado depois que a Marvel Studios ficou impressionada com seu papel em Creed II (2018). Em março de 2021, a data de lançamento do filme foi adiada mais uma vez para 3 de setembro de 2021, quando Viúva Negra foi alterada para a data de julho de 2021, e Dallas Liu foi revelado para aparecer.

Lançamento

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings está programado para ser lançado em 3 de setembro de 2021. Espera-se que tenha um lançamento tradicional nos cinemas, em vez de ser lançado simultaneamente nos cinemas e no Disney+.l

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Tutoriais

Login

Register

*
*
*
*
*
*

Fields marked with an asterisk (*) are required.

Históricos

Registro
  •  Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis


     

     O Grande Mestre 4 (Ip
    Man 4) chega ao seu capitulo final em 2019.

     

     

     

     

     

     

     

     

     


  • O Brasil sediará o 2° Seminário Sul-Americano de Qigong-Saúde entre os dias 24 e 29 de Maio

     

    Brasília sediará o XXVII Campeonato Brasileiro de Kung Fu de 7 a 11 de setembro.....

     

PARCERIA